Voltar

Pedro Caboatan

pedro_capa.jpg

Acredito que a proposta do meu trabalho não seja a busca da perfeição, e sim mais uma questão de reflexão no meio de tudo que vivemos, para onde estamos indo e de onde viemos.

Sou Pedro Caboatan do Prado, represento o Discórdia, tenho 25 anos, sou artista plástico e designer gráfico. Desde criança sempre desenhei muito e em minha adolescência comecei a ver a cidade de outra forma. Passei a observar as artes expostas a todos ali mesmo na rua, e com tudo aquilo também queria expor meus trabalhos a todos. Foi daí que em 2006 conheci a técnica do Lambe-Lambe, que são desenhos feitos em papel e colados na rua como forma de intervenção urbana.

No começo tive que me adaptar para conseguir reproduzir uma serie grande do mesmo desenho, pois fazer impressão em gráfica saía um pouco caro e eu não tinha dinheiro pra isso. Na base do improviso acabei conhecendo a técnica do Stencil que foi a primeira técnica de impressão utilizada pelo homem, vinda dos orientais sendo utilizada até em guerras e hoje em dia bastante usada na Street Art no mundo todo. O Stencil não é nada mais que uma peneira que você recorta o desenho que você quer com estiletes ou bisturi e aplica tinta no vazado. Além de ter o desenho impresso em qualquer material você terá também uma matriz para fazer várias outras réplicas dessa mesma matriz.

Hoje em dia utilizo bastante a técnica em meus trabalhos. Faço parte dos meus projetos no computador e depois faço as matrizes manualmente. Produzo as series no Lambe-Lambe utilizando folhas recicladas e depois aplico os trabalhos nas ruas. Gosto do contraste da arte pura feita manualmente no meio do caos da cidade, onde hoje em dia tudo é artificial e digital.

Acredito que a proposta do meu trabalho não seja a busca da perfeição, e sim mais uma questão de reflexão no meio de tudo que vivemos, para onde estamos indo e de onde viemos. Acredito que o Stencil faça parte disso: o imperfeito feito pelas próprias mãos. Poder fazer as minhas próprias impressões de coisas que estão em minha mente a partir de uma técnica que conheci na base do improviso e poder expor isso aos outros é o que eu mais gosto de fazer.


https://www.facebook.com/Discordia-182797055260504...